Empréstimo para pequenos negócios: como funciona o empréstimo?

Conseguir dinheiro para abrir um pequeno negócio ou para fazer a empresa crescer nem sempre é coisa fácil. Todos procuram por uma forma segura e saudável de arrecadar o valor necessário e nessa busca, as questões sobre empréstimos vêm à tona.

Será que vale a pena fazer um empréstimo para abrir um pequeno negócio? Minha empresa tem porte suficiente para aguentar um empréstimo que a ajude a crescer? Essas são perguntas necessárias antes de ir atrás de capital externo.

Como funciona o empréstimo?

Os empréstimos são as formas mais utilizadas para conseguir dinheiro no mercado. Eles funcionam de uma forma bastante simples: sua empresa firma um contrato com alguma instituição financeira, em que você recebe um determinado valor e tem o compromisso de devolver em um prazo combinado.

Apesar de simples, nem tudo são flores. O dinheiro estará sujeito aos juros estabelecidos pela instituição, normalmente um banco. Esse ponto exige que você saiba prever e controlar o tempo que será preciso para restituir todo o valor sem sair perdendo. Com o controle ideal, será possível quitar a dívida rapidamente e começar a lucrar a partir disso. Sem controle, a empresa já começa com um risco que a torna mais vulnerável no mercado.

Como conseguir um empréstimo seguro para minha empresa?

Aqui está a parte mais importante. Em algumas instituições será necessário especificar para qual atividade o dinheiro será utilizado, a finalidade do recurso detalhada. Além disso, é preciso analisar as condições de cada empréstimo, pois custos, prazos e limites variam muito de um local para o outro.

Para você e a instituição correrem o mínimo de risco possível, é preciso detalhar todas as atividades que precisarão ser realizadas com o dinheiro: profissionais que serão contratados, equipamentos ou estrutura que será adquirida e estimar o valor para cada um desses itens.

Além disso, você precisa mostrar que seu projeto é financeiramente viável a partir de um plano de negócios. Por fim, Você deverá ir até a instituição financeira e apresentar ao gerente de pessoa jurídica a documentação necessária, as garantias solicitadas e o plano de negócios, mostrando a viabilidade do projeto. Assim, a instituição irá analisar o projeto e informar a liberação ou não do empréstimo.

Lembre-se que procurar por um empréstimo é uma decisão arriscada, que precisa ser tomada com cautela e apenas em ocasiões extremamente necessárias. Começar um negócio com dívidas nunca é a melhor alternativa, mas pode ser a solução se você souber como gerir seu dinheiro.

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *