Por que ter um contador para pequenas empresas?

Como dono de uma pequena empresa, você já deve ter sentido na pele a dificuldade e necessidade de lidar com questões excessivamente burocráticas e complexas para começar o negócio e mantê-lo funcionando. No Brasil, o cenário se complica ainda mais devido aos altos impostos cobrados.

Para amenizar todas essas dores de gerenciar o financeiro de uma empresa, muitas pessoas optam por ter um contador parceiro que ajude nas questões. Será que esse investimento vale mesmo a pena? A gente vai te mostrar porque a resposta é sim, com certeza.

O que uma assessoria contábil pode fazer para pequenas empresas

O serviço de contabilidade, sendo de uma equipe ou de uma só pessoa, vai fazer toda a diferença para o seu negócio e facilitar em muito o seu trabalho para que você possa focar em outras questões.

Um contador tem as competências necessárias para lidar com seu controle financeiro sem as dificuldades que você teria, além de conseguir fazer esse trabalho como foco, sem ter outras milhares de coisas sobre o negócio para resolver nas costas. O contador pode te ajudar a:

  • Preencher e arquivar documentos legais necessários para a operação da empresa;
  • Garantir que o seu negócio esteja em conformidade com a legislação tributária e fiscal;
  • Elaborar e enviar declarações;
  • Manter o registro da empresa atualizado e em conformidade com as exigências dos órgãos governamentais;
  • Manipular a folha de pagamento para garantir que todos os funcionários tenham os salários tributados corretamente.

Ao contratar um contador você pode transferir a responsabilidade pela papelada e ganhar tempo para se dedicar ao que realmente interessa: o desempenho da sua empresa.

Quando o contador para pequenas empresas é realmente necessário

Se você é um profissional autônomo, com poucos clientes e um serviço simples, o contador não é um serviço extremamente necessário. Com um pouco de pesquisa você consegue resolver tudo por conta própria.

Mas quando existem mais funcionários ou parceiros na sua empresa e você já não cabe mais como um microempreendedor individual (MEI), fica mais complexo tomar conta das atividades contábeis.

Além de auxiliar nos trabalhos processuais, o contador será um consultor indispensável para auxiliar na gestão de seu negócio e indicar as melhores atitudes para que você cresça com segurança.

Desde o início da empresa, o contador já te ajuda a definir a divisão da participação dos sócios, o capital social, o planejamento e o tipo de tributação a ser aplicada, coisas tão importantes que não devem ser feitas por quem não tem um conhecimento específico no tema.

Na rotina do negócio, o contador também ajuda com o controle de estoque, fluxo de caixa, precificação e obtenção de crédito, assim como te auxilia a pensar em estratégias para vender mais a partir da sua situação atual.

Quando for escolher o contador que mais se adequa ao seu negócio, lembre-se de considerar itens formação acadêmica, registro profissional, ramo de atuação, satisfação dos atuais clientes, disponibilidade e as taxas e encargos cobrados pelo profissional. Depois disso, se prepare para impulsionar o seu negócio ao sucesso sem ficar perdendo a cabeça sozinho!

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *