3 tendências de comércio que te farão sobreviver bem em 2017

A forma com que as pessoas compram muda constantemente e é o principal impulso para transformar a forma dos comércios venderem. Entretanto, muitos pequenos comércios cometem o erro de não dar atenção às novas tendências do mercado, pregando a tradição e esquecendo que vender se trata de agradar.

 

O importante é entender que nem toda nova tendência vem para destruir com tradições e que tudo pode ser incorporado com a cara do seu negócio, sem deixar de lado sua identidade. Aqui vão três das principais tendências atuais para vender mais em seu comércio com atitudes simples.

 

Tecnologia não é complicação, é economia e facilidade

 

É incrível o quanto alguns pequenos negócios costumam temer a tecnologia. Desde implantar um sistema para acompanhar as vendas até criar um site, esse tipo de atividade é deixada bem longe das prioridades e acaba afetando o negócio de maneira negativa.

 

A tecnologia não veio para complicar as coisas. Ao contrário disso, ela tornou o acesso a alguns serviços muito mais fácil e gratuito. Ter um site nem sempre é algo acessível para todos os negócios, então a primeira forma de ser encontrado com tecnologia é estando presente em redes sociais.

 

Criar uma página institucional no facebook ou instagram é simples, rápido, barato e requer apenas um pouquinho de esforço para se manter atualizada. Esta é uma forma excelente de ser bem visto pelos clientes desde antes de conhecerem seu comércio pessoalmente. Mas lembre-se: é preciso ser cuidadoso, profissional e coerente em suas postagens.

 

Outra alternativa é estar presente em aplicativos. Claro que fazer um aplicativo só para o seu comércio pode não ser viável. Mas você já ouviu falar, por exemplo, do iFood? Restaurantes de todo o Brasil podem se inscrever para serem encontrados por lá. Você conhece aplicativos que atendem o nicho de produtos com que trabalha? Se informe para começar a anunciar com os melhores!

 

Se você não está no Google, você não existe

 

Hoje, a ação natural do ser humano quando está procurando por algum tipo de estabelecimento é ir direto para o Google. Pode ser para buscar a loja de móveis mais próxima, a farmácia, loja de roupas, acessórios, mercados, tanto faz. Estamos sempre em busca de nome, endereço, horário de funcionamento, telefone.

 

Se sua empresa não é uma das que aparece nos resultados do Google, ela não existe. Por isso é importante adicionar suas informações no maps, e você não precisa ter um site ou pagar para isso. É só acessar o link www.maps.google.com e buscar o endereço de sua loja. Se ele ainda não existe, clique em “adicionar um lugar ausente”. Ali você irá preencher suas informações e completar o cadastro. Pronto, você já estará aparecendo nos resultados do Google para ser encontrado.

 

Engajamento é sinônimo de faturamento

 

Falamos sobre estar presente em redes sociais e no google, mas como está a interação de seu público nesses canais? Muitas vezes, algumas abordagens mais diretas e pessoais com as pessoas que te seguem já são suficientes para que elas comentem mais em suas publicações e até compartilhem seus conteúdos.

 

O boca a boca saiu do real para o digital e é uma das melhores formas de indicação de um cliente para o outro. Procure fazer perguntas, convidar seu público para participar de promoções ou ofertar serviços de forma mais atrativa em seus canais e você verá os resultados.

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *