Maquineta - 4 dicas para deixar de ser empregado e virar empreendedor

4 dicas para deixar de ser empregado e virar empreendedor

Empreender. Ser seu próprio chefe é o sonho de muitas pessoas, mas a primeira pergunta que vem à mente provavelmente é: por onde começar?

Empreender não é uma tarefa fácil, mas o esforço vale a pena. Em meio ao processo de deixar de ser empregado e virar o próprio patrão, existem diversas escolhas e decisões e você precisa estar preparado. Foco, determinação e planejamento são alguns pontos fundamentais na etapa inicial do seu projeto de se tornar um empreendedor.

Para ajudar você nessa jornada, separamos 4 dicas para começar o seu negócio.

1 – Escolha um negócio com o seu perfil

Um tipo de negócio com o qual você se identifica será a melhor opção, já que provavelmente você terá mais vontade de fazer dar certo.

Não se prenda a padrões. Com a revolução tecnológica, ocorreu uma enorme transformação na relação de trabalho e nas necessidades de diversos públicos. Portanto, esteja atento também a novas oportunidades que estão surgindo no mercado.

2 – Conheça as necessidades do local

Na maioria das vezes somos influenciados pela nossa própria realidade. Mas é preciso estar atento às reais necessidades do local em que você pretende abrir o seu negócio ou comercializar o seu produto.

Negócios saturados no mercado local ou regional podem ser um grande risco para o empreendedor iniciante. Pesquise e observe atentamente a dinâmica do comércio e dos consumidores da sua cidade ou bairro e veja se sua ideia de empreendedorismo realmente será um diferencial no cotidiano das pessoas.

3 – Faça as contas e não arrisque tudo

Um dos erros mais comuns dos empreendedores iniciantes é não ter planejamento financeiro. Aquela história de “arrisque tudo pelo seu sonho” nem sempre é a opção mais correta para um negócio lucrativo e saudável a longo prazo.

Abrir um negócio exige investimentos e uma reserva de emergência, para eventuais gastos extras. Por isso, você precisa estar preparado para se manter nos primeiros meses da empresa, mesmo se ela não trouxer lucros neste período. Calcule o montante necessário e veja opções de onde conseguir recursos ou financiamentos para seu empreendimento.

4 – Faça testes

Se possível, antes de realmente deixar tudo para trás e empreender, faça testes com o seu produto ou serviço. Essa é uma etapa importante que muitas pessoas sequer pensam antes de abrir o próprio negócio.

É fundamental testar seu produto ou serviço o quanto antes e verificar se suas hipóteses do modelo de negócio funcionam. Isso porque, na prática, a realidade pode ser bem diferente do que você imaginou, tornando necessário realizar alguns ajustes ou amadurecer melhor a ideia.

O setor digital concentra muitos dos serviços em alta no mercado, com maior comodidade para o empreendedor e com grandes chances de crescimento sem necessidade de um grande investimento inicial. Recargas de celular, recargas de jogos, pagamentos de contas, indicação de empréstimo pessoal, consulta de documentos, entre outros, são serviços muito procurados em todo o país, sendo uma excelente oportunidade para empreender.

Esses e outros serviços estão disponíveis no aplicativo gratuito Rede Celcoin. Por meio dele, você oferece diversos serviços digitais e ganha bônus em dinheiro no saldo do aplicativo.

Clique aqui para conhecer mais sobre a Rede Celcoin e comece a empreender com os serviços digitais!

You May Also Like

O 3º lote de restituição do Imposto de Renda já está disponível

7 dicas para melhorar seu ponto de vendas

Saque Extraordinário: entenda como funciona

Ganhe dinheiro sendo um Agente de Viagens pelo app Rede Celcoin

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.