8 características que precisam estar no seu site institucional - Maquineta Rede Celcoin
site institucional

8 características que precisam estar no seu site institucional

No centro de todos os esforços de ser encontrado no meio digital está o seu site institucional. Se você estiver usando a web para promover o seu negócio, você absolutamente deve ter um site de qualidade para maximizar seu alcance na Internet.

Existe uma enorme variedade de abordagens para construir um site de qualidade, mas alguns dos principais ingredientes permanecem consistentes. Vamos nos concentrar nas oito principais coisas mais importantes para acertar. Se todos esses itens forem gerenciados corretamente, você terá muita margem de manobra em outras áreas e ainda conseguirá sair com um site de alta qualidade no final.

1. Bom design

Uma das primeiras coisas que alguém vai ver em um site é o design. Afinal de contas, um site esteticamente agradável não apenas satisfará a super análise das equipes internas, mas também atrai os visitantes quando chegam ao próprio site.

Design desempenha mais do que apenas um papel na apresentação de sua empresa como profissional, o negócio de ponta. Um site bem projetado também têm maior probabilidade de atrair os mecanismos de busca para o bom ranking.

A outra coisa a ter em mente ao projetar um site de qualidade é que você não deve se deixar levar por isso. Há uma década, muitos web designers se concentravam no estilo acima da utilidade. Entretanto, o design também se trata de usabilidade.

2. Fácil de usar

Você prefere ter uma janela para a Internet que seja a coisa mais legal de todos os tempos ou que as pessoas possam descobrir como usar e navegar? Se sua resposta foi a primeira, imploro a você que reconsidere essa postura.

O design da experiência do usuário (UX) se tornou um tema recorrente nos últimos anos e por razões muito importantes. Qual é o propósito de ter um site em primeiro lugar? O que você quer que as pessoas façam no seu site? Quão fácil é para eles descobrirem como fazer isso?

A UX desempenha um papel fundamental em ajudar os visitantes a usar, entender e ficar no site da sua empresa. Existem vários níveis de UX que absolutamente devem ser balanceados com o design se você quiser que o site forneça valor. Alguns dos princípios básicos incluem:

  • Construa uma arquitetura de navegação lógica em uma hierarquia que faça sentido
  • Mantenha a navegação o mais superficial possível e evite construir silos dentro do site onde um visitante pode se perder
  • Coloque botões, menus suspensos e outros itens em lugares lógicos onde um usuário típico possa encontrá-los
  • Use uma linguagem que faça sentido para seu público-alvo – ou seja, evite falar com jargões incomuns do mercado e vocabulário avançado demais para seu cliente típico
  • Permita que a home do site respire e use layouts consistentes o máximo possível em todo o canal.

Obviamente, esta é uma lista simplificada de táticas que influenciam a eficácia do UX no seu site. Há toda uma disciplina por trás do design UX, por isso é importante ter um bom profissional ao seu lado. Isso vai lhe poupar dores de cabeça no caminho.

3. Bem otimizado para pesquisa

Search Engine Optimization é algo que deve ser levado a sério. Não é suficiente criar um site bonito e fácil de usar. Você também precisa posicioná-lo para ganhar tráfego. Caso contrário, todo esse esforço em design e UX será em vão.

No nível mais básico, tenha absoluta certeza de que as palavras-chave e o conteúdo do site são otimizados para se alinharem à terminologia que as pessoas reais tentam encontrar. Familiarize-se com os fundamentos do SEO on-page, ou traga uma agência de SEO ou consultor para ajudar a fazer tudo certo na primeira vez.

On-page por si só não é suficiente – você precisa de um provedor que possa entender e abordar problemas técnicos, como o tempo de carregamento da página e como você faz com que os mecanismos de pesquisa rastreiem e indexem seu site adequadamente. Eles devem ser capazes de ajudá-lo a gerenciar seus esforços fora da página para criar autoridade de domínio ao longo do tempo, bem como conteúdo e marketing de mídia social para ajudar a expandir sua pegada de marketing inbound.

O SEO precisa ser parte do site criado ou redesenhado o mais cedo possível no processo. Caso contrário, seus concorrentes terão uma vantagem inicial maior em você e levará muito mais tempo para você alcançá-los

4. Otimizado para visitantes móveis

Ao longo do último ano, a navegação móvel finalmente superou a navegação na área de trabalho no volume total de pesquisas. Se você adotar a otimização para o tráfego móvel agora, já está atrasado.

Websites responsivos detectam a resolução de tela do dispositivo que carrega o site e “respondem” redimensionando ou refluindo o conteúdo para melhor atender a essas dimensões. É um site que essencialmente se transforma na experiência do usuário que é melhor para o dispositivo.

5. Incorpore recursos de compartilhamento social

Então você está construindo um novo site e planejando aproveitar o marketing de conteúdo para aumentar sua presença? Não se esqueça de incluir um plug-in para compartilhamento social.

SEO é ótimo, mas você quer facilitar ao máximo que os leitores compartilhem seu conteúdo com suas redes. O social pode gerar um grande volume de tráfego e isso inclui redes sociais e tipos de serviços de bookmarking social. É importante notar também que seu alcance nas mídias sociais pode impactar positivamente sua classificação de pesquisa.

Você não precisa necessariamente de compartilhamento social em todas as páginas. Afinal, a menos que você ofereça um produto ou serviço que ninguém mais tenha no mundo, é improvável que suas páginas de produtos e serviços sejam compartilhadas. Mas se você tiver postagens em blogs, vídeos educacionais, pesquisas de mercado, infográficos ou algum outro tipo de conteúdo exclusivo e interessante, tenha absoluta certeza de que o compartilhamento está a um clique de distância.

6. Localização da empresa claramente designada

Você sabia que o algoritmo de classificação local do Google opera completamente separadamente dos SERPs orgânicos? Não basta apenas criar um site amigável para SEO. Você também precisa fornecer aos mecanismos de busca as informações necessárias para classificá-lo no local. Algumas dicas para o conteúdo de localização no seu website:

  • Sempre tenha uma página de contato conosco com seu endereço e um mapa
  • Inclua seu endereço em conteúdo persistente, de preferência no cabeçalho ou no rodapé do modelo do seu website
  • Empregue a marcação semântica para dizer aos mecanismos de pesquisa que o endereço é sua localização física atual

Você também deve criar sua página comercial no Google Meu Negócio e adicionar uma marcação de editor ao seu website para mostrar que você é a mesma entidade representada nessa página. O serviço Meu Negócio do Google desempenha um papel importante na classificação dentro do pak local.

7. Ofereça múltiplas opções para entrar em contato com a empresa

As perspectivas dos clientes são todas diferentes. Eles vão querer se envolver com você da maneira que cada um preferir. Alguns querem ligar e obter respostas imediatamente. Outros querem enviar um email para você. Outros ainda estão bem enviando um formulário e aguardando uma resposta. Você vai até achar algumas pessoas, especialmente da Geração Y e do público mais jovem, que querem apenas interagir com você em seus perfis de mídia social ou whatsapp.

Dê todas essas opções para eles. Tem várias maneiras de entrar em contato com você no site. Isso inclui telefone, email e um formulário. Vincule claramente aos seus canais sociais mais importantes. Além disso, inclua uma maneira de participar da sua lista de e-mails, para que as partes interessadas possam acompanhá-lo até um momento posterior, quando estiverem prontas para contratá-lo.

8. Deixe apelos claros à ação em todo o site

Você sabe qual é o propósito do seu site? Você deixa isso claro para os leitores? Se o seu site simplesmente lança produtos, mas nunca pede ao leitor para fazer nada, eles podem fazer o que você pede – nada. Certifique-se de ter apelos claros à ação (CTAs) no site.

Termine todas as páginas do conteúdo com um “o que vem a seguir” – talvez solicitando uma cotação, fazer o download de um e-book ou compartilhar o conteúdo que eles estão lendo. Cada página ou postagem que você publica deve ter um CTA. Caso contrário, você está negligenciando voluntariamente a oportunidade de aumentar o engajamento, aumentar sua visibilidade on-line e ganhar um novo cliente.

Embora existam opções ilimitadas de como criar um site de qualidade, alguns princípios básicos devem permanecer consistentes se você quiser obter o máximo de valor. Siga estas oito dicas e verá resultados aprimorados em um tempo curto.

 

You May Also Like

4 dicas para deixar de ser empregado e virar empreendedor

Saque Extraordinário: entenda como funciona

Ganhe dinheiro sendo um Agente de Viagens pelo app Rede Celcoin

5 dicas para empreendedores iniciantes

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.