5 atitudes para começar bem o ano novo nos negócios

A cada novo ano, os donos de empresas devem reservar um tempo para se sentar e fazer um pequeno planejamento, apenas para ter certeza de que conseguirão manter sua empresa funcionando e no caminho certo.

Isso ajudará a garantir que a empresa tenha as ferramentas necessárias para manter (e cumprir) suas metas financeiras e operacionais e que os funcionários da empresa fiquem felizes com seu ambiente de trabalho. Leia a seguir algumas dicas para ajudar a tornar o processo de planejamento mais fácil para você e sua empresa nesse ano novo.

1. Considere sua presença digital

Se você quiser competir, especialmente com os grandes nomes, você precisa ter uma presença online. Pode ser tão simples quanto criar seu próprio site. Fazer isso pode custar quase nada, ou pode ser uma despesa que vale a pena desde que você tenha o orçamento e possa pagá-lo.

Nunca desconte os benefícios das mídias sociais. Tente configurar uma página no Facebook ou no Instagram para o seu negócio, ou até mesmo no Twitter. Se você não tem certeza de como ou por onde começar, existem alguns serviços que podem ajudar a configurar sua presença na mídia social por um custo, e eles podem ajudá-lo a mantê-los se você não puder.

Os blogs e vlogs também são ótimas maneiras de divulgar o nome da sua empresa. Isso requer um compromisso de tempo, mas pode valer a pena, especialmente se você trabalha em uma indústria de nicho. Se você administra uma padaria ou é especialista em finanças pessoais, é possível fornecer aos seus clientes (e potenciais clientes) uma visão do seu negócio enviando fotos, receitas, dicas e conselhos. Preste mais atenção nisso no ano novo.

2. Cuide de seus fornecedores

Não é preciso dizer que todo proprietário de empresa deve revisar periodicamente os fornecedores para garantir que eles estejam oferecendo preços competitivos e oferecendo serviços de qualidade. O começo do ano pode ser o melhor momento para revisar fornecedores.

Em muitos casos, os fornecedores podem ter acabado de concluir seus orçamentos para o ano fiscal atual, e estão procurando definir negócios e fazer acordos para garantir que atinjam seus objetivos financeiros anuais.

Com isso em mente, os proprietários devem fazer as seguintes perguntas:

  • Os fornecedores atuais estão cobrando taxas competitivas?
  • Os fornecedores atuais estão prestando um bom serviço e se adaptando às necessidades de mudança do negócio?
  • Existem novos fornecedores ou fornecedores que merecem uma oportunidade?
  • Faz sentido experimentar um novo fornecedor, mesmo que isso signifique dar a ele um pequeno pedido?
  • Experimentar um novo fornecedor faria à empresa alavancar sobre um fornecedor existente?

Os donos de empresas precisarão responder a essas perguntas para saber se estão obtendo bons negócios. Obter as melhores ofertas permite que a empresa mantenha seus custos baixos, o que melhora o resultado final. Os primeiros meses do ano são um momento oportuno para fazer isso.

3. Cheque seu equipamento

Empresas de manufatura e muitos negócios relacionados a serviços dependem de máquinas, suprimentos e uma variedade de outros equipamentos (de veículos até dispositivos de montagem) para operar.

No entanto, muitos donos de empresas ficam tão envolvidos com as atividades do dia-a-dia que acompanham os negócios que, às vezes, esquecem de fazer verificações periódicas de equipamentos e se certificar de que têm o que precisam para fazer crescer a empresa.

O primeiro trimestre é um bom momento para avaliar as necessidades de equipamentos de uma empresa e determinar se algum investimento de capital precisa ser feito. Isso porque identificar as necessidades de equipamentos no início do ano pode ajudar a empresa a fazer seus números anuais. Isso também pode ajudar o proprietário da empresa a planejar as necessidades futuras de caixa.

A seguir, perguntas que todos os proprietários de empresas devem fazer a respeito das necessidades de equipamentos:

  • O negócio tem o equipamento necessário para ter sucesso e lucrar a longo prazo?
  • Caso contrário, o equipamento pode durar mais um ano e a empresa pode se sustentar usando o equipamento existente?
  • Quanto o novo equipamento custará e onde as cotações do equipamento podem ser obtidas?
  • A empresa tem o dinheiro em mãos ou a capacidade de financiar tais compras, ou o dinheiro precisará vir do fluxo de caixa operacional futuro?
  • Existem despesas que poderiam ser cortadas para compensar e ajudar a justificar essas despesas?

4. Considere seus funcionários

As necessidades de pessoal também devem ser consideradas. É bom reconhecer quaisquer deficiências no início do ano fiscal para que ajustes apropriados possam ser feitos.

Além disso, tenha em mente que encontrar, contratar e treinar a “pessoa certa” pode levar muito tempo, por isso é uma boa ideia começar o mais cedo possível. É importante perceber que muitos trabalhadores tendem a ponderar seus próprios futuros no final do ano. Saiba que irá continuar com você e se prepare para encontrar novos bons funcionários.

4. Analise seu seguro

Enquanto o velho ditado diz que a melhor defesa é um bom ataque, às vezes o melhor ataque é uma boa defesa. A cobertura de seguro é uma necessidade comercial.

No início do ano, novas taxas de seguro de saúde, seguro de responsabilidade civil, seguro de automóvel e outros tipos de seguro tendem a entrar em vigor, por isso é um ótimo momento para fechar negócios. Todos os empresários devem se fazer as seguintes perguntas sobre seguros

  • A empresa está adequadamente coberta em termos de responsabilidade e / ou possui seguro adequado contra incêndio e saúde?
  • As companhias de seguros estão executando acordos de múltiplas políticas no início do ano para angariar seus negócios?
  • Existem novas operadoras de seguros que possam fornecer uma cotação competitiva?
  • A empresa assumiu novos ativos ou interesses comerciais que não foram contabilizados e protegidos por políticas existentes?

5. Reveja os planos de aposentadoria

As empresas que pretendem criar planos de aposentadoria devem fazê-lo o mais cedo possível durante o ano. A definição antecipada de um plano pode permitir que os funcionários aproveitem ao máximo suas contribuições de impostos permitidas.

Teoricamente, quanto mais tempo o dinheiro estiver crescendo em uma base de imposto diferido, mais eles podem acumular. Rever os planos, selecionar uma empresa de investimento, e criar um plano não acontece do dia para a noite. Dar um salto inicial nesses esforços faz sentido.

Os proprietários do negócio devem perguntar ao configurar planos de aposentadoria:

  • Qual será o custo para administrar o plano?
  • Quantos funcionários podem se beneficiar e querem aproveitar o plano?
  • Quanto a empresa precisará contribuir para o plano?
  • Há alguma vantagem em estabelecer um tipo de plano em detrimento de outro com base nos custos, no tamanho da empresa e nas necessidades de aposentadoria dos funcionários?

Por definição, os proprietários de empresas devem avaliar continuamente seus negócios e fazer ajustes de acordo. No entanto, a partir de uma série de perspectivas, como seguro, planejamento de aposentadoria, pessoal, necessidades de fornecedores e equipamentos, o ano novo é um momento particularmente oportuno para se sentar e planejar. Comece agora!

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *