Como empreender em 2019?

À medida que entramos nos últimos meses de 2018, a maioria dos proprietários de empresas está ansiosa para terminar o ano com uma nota alta. Essa é também a hora de novos empreendedores olharem para o futuro e determinarem o que desejam alcançar para 2019.

Tenha em mente, ao desenvolver sua estratégia, de seguir o princípio de manter as coisas simples e práticas. Não complique o plano de como empreender, o processo ou transforme sua estratégia na Magna Carta.  Aqui estão 5 estratégias para ajudar você a começar:

1. Incorpore pessoas-chave

Conforme você desenvolve seu plano para 2019, deve ser pertinente trazer as pessoas-chave para seu redor. Suas pessoas-chave são empreendedores que já trabalham no setor, nichos específicos, investidores, fornecedores e seu público-alvo. Procure conversar com eles e compartilhar qualquer conhecimento que ajude no desenvolvimento de seu plano. Dessa forma, eles estarão mais envolvidos desde o começo.

2. Tenha uma linha do tempo clara

Você já poderia ter iniciado seu primeiro rascunho da empresa, mas não é tarde demais para começar agora. Pegue uma caneta e papel e comece a anotar o que você quer realizar.

Reflita sobre ele, faça revisões e troque ideias com um consultor confiável sobre a razoabilidade de suas estratégias. Não desista da sua programação de cronograma. Pode ser que algumas coisas deem errado, mas o mais importante é buscar sempre cumprir com as metas colocadas desde o começo.

3. Determine o que você vai realizar

O que você está procurando realizar nos próximos 12 a 15 meses? Essa é uma pergunta mais fácil de ser feita do que respondida. Pense em vendas. Pense no lucro. Pense na sua pegada geográfica. Você está procurando atender em quais locais? Como pretende aumentar sua participação no mercado em sua área? Como divulgar os serviços que você oferece? Qual será o processo para fabricar novos produtos?

Determine como você pode ser afetado por tarifas, aumentos de combustível, aumentos salariais potenciais, aumentos nas taxas de juros, problemas sindicais e muito mais, e crie um plano flexível para contabilizar essas mudanças.

Tome algum tempo no planejamento de todas as possibilidades. Não tem tempo? Invista uma hora do seu dia e explore as possibilidades. O tempo que você gasta navegando nas redes sociais pode esperar.

4. Recursos e estratégia

Depois de compilar uma lista do que você deseja realizar, procure desenvolver um plano de ação para torná-lo realidade. Assegure-se de que você tenha o capital para seguir em frente, bem como uma estratégia que será implementada desde o dia primeiro dia de janeiro.

Se não tiver recursos ainda, coloque no seu plano todas as possibilidades de conseguir novos investimentos em capital. Isso pode ir desde um investidor anjo até um empréstimo ao banco. Não esqueça de colocar os números no papel e já definir um plano para cobranças futuras.

5. Controle o processo

Manter o controle de seu progresso ao longo do ano é uma estratégia frequentemente ignorada pelos proprietários de empresas. Divida seu plano em metas e marcos para determinar onde você deve estar no período anual, trimestral, mensal, semanal e diário, e segmente isso para cada departamento.

Se os problemas começarem a aumentar, você poderá reagir muito mais rapidamente sabendo exatamente o que está acontecendo e qual departamento está afetando.

Lembre-se de que cada erro é uma nova oportunidade para crescer. Tome as lições que você aprendeu no ano passado e aplique-as ao próximo. Não se demore em seus erros. O sucesso vem de como você se comporta em relação ao seu plano, não em relação ao que já passou.

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *