Como fazer uma Análise de Concorrência para o seu negócio

A Análise de Concorrência, conhecida também como análise de mercado, é um estudo completo sobre a concorrência de uma empresa, os produtos ou serviços que ela oferece ao público, suas estratégias de gestão, sua imagem no mercado… enfim, todos os aspectos que envolvem os concorrentes. Muitos empreendedores ainda questionam a importância deste estudo, porém ele é primordial para garantir algo básico: que a sua empresa esteja sempre na frente. Por isso a Análise de Concorrência deve ser realizada por qualquer empreendimento e deve passar pelas seguintes etapas:

Definir objetivos

Ter um objetivo bem definido sobre o que é pretendido com a Análise de Concorrência é essencial para estabelecer quais informações serão necessárias para a pesquisa ser efetiva. Além de orientar melhor as ações e evitar o desperdício de tempo. Por isso, é preciso ter em mente o que a Análise de Concorrência vai entregar! Seria uma solução melhor para os preços? Seria uma direção para alcançar mais reconhecimento? Ou seria uma forma de entender as estratégias dos concorrentes para conquistar novos clientes?

Determinar os aspectos a serem analisados

Pode não parecer, mas a Análise de Concorrência tem infinitos aspectos a serem explorados, o que pode deixar o estudo muito denso e demorado demais. Por isso, etapa importante deste trabalho é definir pontualmente quais informações precisam ser colhidas para que a análise fique completa, mas não carregada de informações. Alguns pontos que costumam ser vistos são:

– Dados históricos da empresa;

– Número de funcionários;

– Faturamento;

– Principais produtos ou serviços vendidos;

– Estratégias de marketing, comunicação e vendas.

Identifique a melhor forma de coleta de dados

Como a Análise de Concorrência é um estudo completo que demanda tempo, uma estratégia que pode ajudar a otimizar o processo é identificar e definir muito bem como os dados serão coletados. Isso porque, apesar de muitas informações estarem disponíveis em bancos de dados públicos, ou mesmo na internet, será preciso executar um trabalho de investigação com ex-clientes, com ferramentas de análise, ou dados online, por exemplo. Deste modo, depois de definidas as informações necessárias para o estudo, é preciso escolher o método ideal para coleta, levando em consideração os custos e o tempo necessário para desenvolver esta ação.

Faça a interpretação de todos os dados

Definidas as informações e o método de coleta da Análise de Concorrência, é chegada a hora de interpretar as informações. Este é um momento muito importante e que deve ser realizado dentro de um prazo pré-determinado, visto que as estratégias de venda, marketing e campanha podem mudar a qualquer momento devido a eventos comemorativos, como Aniversário e Natal, por exemplo. Esta é a etapa onde realmente a Análise de Concorrência será executada e, por isso, demanda bastante atenção.

Apresente os resultados

Após a análise feita, é preciso compartilhar os dados e informações levantadas com setores interessados da empresa. Para isso, o material colhido deve ser consolidado e organizado em um documento claro que será entregue às áreas da empresa que poderão utilizar este levantamento, como o Comercial, o Financeiro, o Marketing e até mesmo o RH. Com os dados em mãos, cada setor poderá se aprimorar de acordo com que o que acharem de interessante na análise, aplicando no dia-a-dia da empresa ou em suas estratégias de ação as melhorias encontradas.

Para que a Análise de Concorrência possa ajudar de verdade uma empresa, ela precisa ser feita com bastante atenção e carinho. Isso porque este tipo de estudo pode ser o diferencial para qualquer negócio se destacar no mercado competitivo, encontrar oportunidades ainda não exploradas, antecipar os riscos potenciais e ainda, incentivar a inovação da empresa e de suas estratégias de ação.

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *