Gestão de caixa: 8 erros que prejudicam esta organização 

A gestão de caixa de uma empresa pode não ser a tarefa mais fácil ou atraente de um negócio. Porém, ela é uma das mais importantes, pois é esta atividade que mostra as entradas e saídas da empresa. Ou seja, apontam os recursos financeiros que ela tem para se organizar e crescer. Mas existem alguns erros que podem prejudicar a gestão de caixa. Quer saber quais são? Então, confira: 

Não separar contas pessoais e da empresa 

O primeiro passo para quem deseja fazer uma gestão de caixa eficiente é separar conta bancária pessoal e da empresa. Isso porque misturar o dinheiro do negócio com aquele para as despesas pessoais atrapalha a organização financeira. Logo, é necessário fugir desta armadilha e separar o que é da empresa e o que vai para o pessoal. 

Não ser realista quanto à situação da empresa  

Um dos maiores erros que um empreendedor pode cometer é fechar os olhos para a realidade financeira. Por mais que seja difícil ficar no vermelho ou passar por momentos de prejuízo, é importante ser realista. Dessa maneira, você evita tomar atitudes arriscadas, pode repensar seu planejamento e gestão de caixa e, aos poucos, ver a empresa se fortalecer novamente. 

Não controlar o caixa diariamente 

Realizar a gestão de caixa diariamente é essencial para o empreendedor que quer ter um controle real sobre as finanças. Isso porque fazer esta organização semanalmente ou mensalmente pode ficar muito pesado e aumentar a chance de erros. Com o controle diário, você consegue analisar de verdade o caixa e, dessa maneira, tem relatórios mais precisos sobre ganhos e gastos. 

Deixar de contabilizar todos os gastos  

Outro costume que prejudica a gestão de caixa da sua empresa é não contabilizar até os pequenos gastos. E eles podem ser, até mesmo, lanches comprados no meio da tarde e não contabilizados, por exemplo. Isso porque, estes pequenos gastos podem ser esquecidos e causar confusão na hora de fechar o caixa e fazer a gestão financeira. Por isso, contabilize tudo! 

Gastar o que ainda não recebeu 

Outro erro que prejudica a gestão de caixa é o empreendedor gastar o que não recebeu. Ou seja, ele compra no crédito ou programa pagamentos na data que pretende receber. Porém, se o devedor não pagar na data esperada, a empresa se enrola. Por isso, trabalhe com o que você tem em mãos para evitar dúvidas, juros e prejuízos. 

Passar muito tempo ausente da empresa 

Depois que uma empresa cresce e aumenta o quadro de funcionários, é comum o empreendedor se ausentar um pouco. Porém, deixar a gestão de caixa para terceiros e se ausentar totalmente desta tarefa pode ser prejudicial. Não que você não deva confiar nas pessoas. Mas é melhor estar por perto para evitar prejuízos por descuido ou falta de atenção dos outros.  

Não utilizar planilhas ou softwares  

Ninguém nasce sabendo sobre finanças e gestão de caixa. Por isso, se você é empreendedor e não consegue organizar isso direito, conte com a ajuda de planilhas ou softwares. Com estes sistemas, você terá mais facilidade para visualizar as finanças. Com isso, terá também mais confiança para tomar decisões importantes para a empresa, como expandir ou aumentar as vendas. 

Não estabelecer metas 

Todo mundo que começa a empreender quer chegar a algum lugar, certo? E para isso traçam metas e objetivos, não é mesmo? Com a gestão de caixa não é diferente. Ao invés de fazer essa organização de forma automática, comece a analisar seus ganhos e resultados. Estabeleça números de meses em meses e procure atingi-los. Isso aumentará sua produtividade e motivação para trabalhar e crescer com o seu empreendimento.  

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *