Open Banking: o que é e qual o impacto no mercado financeiro

Nos últimos tempos, o mercado financeiro se tornou um assunto muito popular não só entre os especialistas, mas também entre os usuários dos serviços básicos financeiros e entre muitos outros interessados no assunto. Em meio a este contexto, um dos termos em alta é o Open Banking.

 O que é?

O Open Banking, ou Sistema Financeiro Aberto, é um projeto do Banco Central que busca incentivar a competitividade do mercado financeiro, ampliando produtos e serviços com mais transparência para os consumidores.

O projeto é dividido em quatro fases e foi iniciado no Brasil em fevereiro de 2021. Na primeira etapa, as instituições financeiras participantes divulgaram informações sobre os produtos e serviços que oferecem. Já na segunda fase ocorre o compartilhamento de dados dos clientes, mediante autorização. Ou seja, o cliente será realmente dono das suas informações e escolherá como disponibilizá-las. Essa premissa vai de encontro à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais (LGPD), que estabelece regras sobre a coleta, armazenamento, tratamento e compartilhamento de dados pessoais. 

Já a terceira fase será sobre o compartilhamento do serviço de transação de pagamentos entre instituições participantes, com encaminhamento de propostas de operações de crédito. E a quarta e última fase contará com a expansão de serviços e produtos como investimentos, seguros, operações de câmbio e previdência.

Mudanças e vantagens do Open Banking 

Com o Open Banking, há uma grande integração de informações entre os sistemas das instituições financeiras, o que irá aumentar a competitividade de mercado. Sendo assim, produtos e serviços poderão ser personalizados para cada cliente, que poderá escolher qual instituição financeira melhor atende às suas necessidades.

A integração desses dados será feita de forma totalmente tecnológica, com o uso de Interfaces de Programa de Aplicações (API’s). A Celcoin já disponibiliza ao mercado as APIs de Open Banking e auxilia cerca de 130 fintechs a ingressarem neste novo sistema.

You May Also Like

4 dicas de gestão de tempo para pequenos empresários

As vantagens de vender serviços digitais em seu negócio

3 tipos de treinamento para seus funcionários

Dia do Consumidor: dicas para um atendimento de qualidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *