Controle de qualidade: o que é e como fazer na sua empresa

Você pode pensar no controle de qualidade como as atividades que são usadas para avaliar se o seu produto ou serviço atende aos requisitos de qualidade especificados para o seu projeto. É importante observar que o controle de qualidade do projeto é executado durante todo o projeto.

Os requisitos de qualidade são definidos durante o processo de planejamento da qualidade. Eles incluem tanto os processos do projeto quanto os objetivos do produto.

Ferramentas e Técnicas de Controle de Qualidade

Algumas das ferramentas e técnicas que você pode usar para executar o controle de qualidade incluem:

  • Diagrama de Causa e Efeito (Diagrama de Espinha de Peixe)
  • Gráfico de controle
  • Fluxograma
  • Diagrama de pareto
  • Histograma
  • Executar gráfico
  • Diagrama de dispersão
  • Amostragem estatística
  • Inspeção

Para algumas dessas ferramentas, é útil ter uma compreensão básica de amostragem e probabilidade. Essas ferramentas e técnicas de controle de qualidade podem ajudá-lo de três maneiras.

  • Confirmando se o seu projeto está atendendo aos padrões de qualidade;
  • Fornecendo uma base para ação corretiva;
  • Fornecendo feedback sobre seu processo de garantia de qualidade.

Controle de Qualidade x Garantia de Qualidade

Muitas pessoas se confundem entre controle de qualidade e garantia de qualidade. Para diferenciar os dois, lembre-se de que o controle de qualidade consiste em avaliar se o produto do seu projeto atende aos padrões de qualidade. É realizado após o produto ter sido concluído.

Garantia de qualidade, por outro lado, é garantir que o produto seja produzido da maneira correta. É ser proativo e preocupado com os processos e atividades durante o desenvolvimento de produtos.

Para algumas organizações de serviços, o conceito de controle de qualidade pode ser estrangeiro, porque não há produto tangível para inspecionar e controlar. A função de garantia de qualidade em uma organização de serviços pode não incluir o controle de qualidade do serviço, mas pode incluir o controle de qualidade de quaisquer produtos envolvidos na prestação do serviço.

Um serviço pode incluir produtos que são documentos (como um relatório, contrato ou projeto) ou produtos tangíveis, como um carro alugado. Pode ser necessário controlar a qualidade do produto em uma organização de serviços para garantir que o serviço atenda aos requisitos do cliente.

Do ponto de vista da produção, poucas coisas importam tanto para a integridade de sua marca quanto o controle de qualidade. Sem isso, você perderá credibilidade e poderá enfrentar consequências ainda mais duras dos órgãos reguladores. Você está fazendo o suficiente para garantir a excelência nesta área? Seguem algumas maneiras de melhorar o controle de qualidade  de sua empresa.

1. Contratar pessoas competentes

O controle de qualidade começa e termina com as pessoas. Se você tem pessoas incapazes em sua equipe, você vai ficar prejudicado. Se você tem profissionais qualificados, que entendem o que é necessário para planejar e realizar procedimentos de controle de qualidade, você terá resultados muito melhores.

A competência pode soar como algo bastante fácil de ser encontrado no processo de contratação, mas você ficará surpreso com o quanto ela é rara. Os funcionários competentes em controle de qualidade têm uma combinação saudável de conhecimentos, habilidades, experiência e qualificações anteriores.

2. Definir melhores processos

Você está familiarizado com o princípio de Pareto? Afirma que a maioria das coisas na vida e nos negócios não é distribuída uniformemente. Especificamente, explica que 20% dos insumos produzem 80% dos produtos.

Embora o princípio de Pareto possa ser aplicado em várias áreas de sua organização, é útil examiná-lo no contexto do controle de qualidade. Aproximadamente 20% das ações realizadas durante a fabricação e o desenvolvimento afetam 80% dos resultados.

Ao projetar processos que aperfeiçoam e otimizam os 20%, você pode obter resultados muito melhores. Isso economizará tempo, energia e dinheiro a longo prazo.

3. Seja claro com os funcionários

Gerenciar pessoas não para na contratação. A fim de obter o máximo de seus processos de controle de qualidade, você deve ser claro com os funcionários e investir em treinamento que os motive e os prepare para executar de acordo com o planejado.

Se os funcionários acharem que o controle de qualidade é apenas mais uma caixa a ser avaliada para satisfazer a empresa, eles não darão muita atenção aos processos e protocolos que você expõe. Eles precisam saber que você prioriza e se preocupa com o resultado.

4. Priorize a repetibilidade

Repetibilidade desempenha um papel importante no controle de qualidade. Se você já fez algo com sucesso absoluto antes, você quer continuar dessa maneira. É por isso que é importante documentar processos, pois fornece uma compreensão básica do que você faz e de como o faz. Seguir uma abordagem disciplinada à documentação promove resultados consistentes.

Repetibilidade é importante, mas você não pode se deixar levar por isso. Só porque algo funciona, não significa que você pode deixar da mesma forma para sempre. Revisite todos os aspectos do controle de qualidade, mesmo aqueles que historicamente provaram ser confiáveis, pois você nunca sabe quando algo vai mudar para o pior.

5. Aproveite o poder da automação

Controle de qualidade tem tudo a ver com automatizar o que você pode e economizar sua energia para o punhado de tarefas que exigem envolvimento manual. Felizmente, existem toneladas de ferramentas de automação no mercado hoje em dia.

A chave é gastar tempo examinando as soluções automatizadas que você escolher. Procure sistemas e soluções que se integrem confortavelmente à sua pilha de tecnologia existente e não desperdice dinheiro com uma ferramenta que seja rígida demais. Escalabilidade é extremamente importante quando se trata de controle de qualidade.

Quando você pensa sobre isso, o controle de qualidade é uma das áreas mais importantes nas quais uma empresa pode investir. Se você não produz bens e serviços de qualidade, tudo o mais – incluindo preços, marketing, publicidade e atendimento ao cliente – se torna irrelevante. Embora você possa não ter uma estratégia formal de controle de qualidade, agora seria um bom momento para considerar a implementação de uma.

 

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *